Tuesday, March 13, 2007

Como seria esse blog, se eu fosse...

...uma patricinha que fala "miguxo"
Não, meu, preciso contar, fui parar na delegacia, meu. Tá certo que foi com o mega fofo do ... , mas passei o maior carão lá. É que a gente tava na casa da vizinha, que mudou do prédio há duas semanas. E a gente achou que era, tipo, sussa de ficar lá na boa. Aí a coisa foi indo, né... A gente foi passando de cômodo em cômodo, mas quando chegou na cozinha...

...um escritor de contos eróticos
... o chão frio aumentava a frequência de arrepios que ... sentia. Sentada sobre seu peito oferecia a vagina úmida e cheirosa, fazendo um vai vém provocante com os quadris. Finalmente ela cede e oferece o prêmio a ... , que afoga-se em prazer. Saciado, toma o controle da situação e sai de baixo da mulher, que pega agora de bruços. Ela, com olhar manhoso, logo levanta as ancas e pede: "Me come de quatro e me puxa o cabelo?". O melhor pedido do mundo, se não fosse o barulho da porta da sala...

... um colunista policial de cidade do interior
Casal apanhado com a mão na massa pela vizinha. O casal ... , 24 e MM, 22, foram presos em flagrante por atentado ao pudor na tarde de ontem pelos policiais do 12º BPM. Os dois foram surpreendidos pela vizinha, que vinha acompanhada pela polícia. Os homens do sargento Tavares foram chamados para averiguar os barulhos que vinham do seu apartamento. Ao chegar ao prédio para retirar seus últimos pertences, Dona Antônia notou uma movimentação em seu imóvel e pediu ajuda policial. O casal seguiu envergonhado para a 3º DP da cidade onde foram interrogados pelo delegado Quintana. Os pombinhos seguiram livres para amar após o pagamento de fiança e respondem ao processo em liberdade.

... um maloqueiro
Mó treta, mano, fui parar na mão dos homem por quase nada, mano. Se fosse no rolê, fazendo umas treta, já era, tava de boa. Mas eu tava lá com minha mina na moral, dando um trato nela. Era só dominá a casa da tia lá do lado, mano, a véia tinha mudado do prédio fazia mó era já. Levei a mina pra dentro da casa, mano, ela ficou louca mesmo, tá ligado, mano? E o baguio é louco comigo, cê sabe, eu já fui indo em cada cômodo do apê prá comê ela, manja? A mina era tão cabulosa que ela perguntou se eu queria fazer uns baguio mó doido com ela, comer de quatro e tal... Foi daí que colou os homem, alguém caguetô a gente, eu tô ligado. Se eu acho que foi o cururu que me dedou, tá fodido, mano. Sorte que chegamos na delegacia e o doutor aliviou a dura. Ir pra cadeia numa dessa dá moral não, mano, ter que ser pego no crime.

... roteirista da novela das oito
O casal sai da delegacia e chama um táxi. O carro pára, ele sorri para ela e a abraça pela cintura. Ela levanta a perna esquerda. O motorista espera, os dois olham-se nos olhos.
- Adorei, sabia?
- Com você qualquer coisa fica bom, ...!
- E como vai ser daqui pra frente?
- Sei lá, acho que não vamos ser presos, aquilo era só amor, não se pode prender o amor.
- Não falo sobre a cadeia, falo sobre nós dois ...
Os lábios dela tremem, seu olhar passa para o chão e vêm o choro.
- Preciso ir, ...
- Fica, a gente pode ser feliz aqui.
- Sabe que eu não posso.
- Só um pouquinho, fica mais um poquinho.
O motorista de táxi pede uma resposta. Ela entra no carro, ele olha-a nos olhos.
- Vai embora - ela pede.
Ele vira-se e anda rua abaixo, sem olhar para trás. Fim do capítulo.

...eu
Não consigo mais esquecer daquele dia em que ela me deixou no Porto. Talvez alguns detalhes eu tenha misturado, contado em outras histórias ou sonhado em outras noites. Será que foi de táxi mesmo que ela foi embora? E aquele sexo escondido na casa da vizinha, seria em outras épocas, ou sonhos eróticos motivados por filmes vagabundos? Não sei, só consigo lembrar daquele último dia, o rio, as coisas em volta, as poucas pessoas na rua. E se eu seguisse aquele comboio que te levava pra longe de mim e ficasse perto de ti? Escondidinho, podia ser embaixo da cama mesmo. Juro que como pouco e não choro de noite.

Ouvindo: Ramones - Loco Live (o disco todo)

3 comments:

filipa queiroz said...

A distância é foda mesmo...Engraçado que acabei de acordar de um sonho maluco do género.Mas o pior não é o sonho,é o despertar dele.Texto muito fixe bigode :**

tristinho said...

Sempre elas. Sempre.

filipa queiroz said...

quanto ao creamfields,tens aqui o artigo que fiz:

http://sic.sapo.pt/online/noticias/cartaz/20070320_creamfields.htm

ou,o site oficial:

http://www.creamfields-lisboa.pt/

;)