Tuesday, May 16, 2006

Vem...

Vem pra rua gambé cuzão. Vem pra cá porque aqui é seu lugar. Fica em casa não, folgado, agora é hora de ser homem. Bate na minha cara, agora tá com medo? Vem pra rua, PM cuzão, é você quem eu quero. Quero te ver na Paulista, quero você na sua base. O oitão não basta mais, cuzão? Vem pra cá, é em você que eu confio. Bota no cu de quem quer te foder, mostra que é macho pra caraio. Honra o Tobias de Aguiar. Vem que o pau é Aqui e Agora. Vem pra rua PM cuzão. Vem que o Datena tá chamando. Vem pra cá, eu tô na rua, mas cadê você? Será que se eu ligar você vem? Vem sim, tá todo mundo esperando. Vem pra rua, PM, o governador falou que tá sussa. Vem. Solta o cu da mão e vem. Sai da tocaia, limpa a cara e vem pra rua, PM cuzão. Vem pra rua gambé cuzão. Vem que eu confio em você. Vem que eu quero ver. Mostra quem manda. Mostra a "otoridade". Fala "teje preso". Bate na cara de cada um desses maloquero. Vem pra rua PM cuzão. Não esconde a farda atrás do armário. Não amarela não que não é hora. Sai desse armário, põe o colete e vem pro pau. Vem pra rua PM cuzão. Vem pra cá que a treta é agora. Vem pra rua. Vem!

Ouvindo: Racionais MC's - Vida Loka parte II
"Porque o Guerreiro de Fé nunca gela,
não agrada o injusto e não amarela...
o Rei dos reis foi traído e sangrou nessa terra,
mais morrê como um homem é o prêmio da guerra,
mais ó, conforme for, se precisá, afogá no próprio sangue, assim será"

2 comments:

lau2m said...

vc que fez?
ficou animal!

tu i jo said...

E AÍ?
todo voltou a normalidade?

li nas suas palavras muito ódio, muita ráiva... pelo que ouvi na Espanha, acredito que foram maus momentos.

muitos beijos pra todos e saudades.

abraços