Thursday, May 01, 2008

Regurgitando na frente da TV

Aos 38, o jogo ainda pode esquentar bastante até os 45. Maldito calor proposital, controlado pelo visitante, direto do banco de reservas. Quem foi que inventou esse negocio de estadios cobertos? A alma do futebol, o imprevisto, tenta aparecer, mas é barrado pelo teto de ultima geraçao. Ta com duvida? Filosofe como o mineiro, coce a cabeça e recomece seu pensamento com um "uai". Mude os 38 para o tempo de jogo; jogue a primeira idéia fora. Mude o canal e jogue o jogo de artistas que vendem segredos as nove da manha. Sera que so a Simony revelaria segredos de alcova por dois mil reais? O diretor negocia um preço digno a ser pago por um nome "de conhecimento do publico". O telefone toca. Nao o do diretor, sim o meu. A macaca ta solta, gente disposta a vestir a camisa e empurrar com força contra os esmeraldinos. Dessa vez em estadio comum, sujeito a chuvas, trovoadas e rajadas de pimenta. Para o mundo que eu quero descer, a idéia de que tudo esta dado me incomoda ao ponto de repensar quem é o verdadeiro responsavel por esses escritos. Li escondido que as verdades virtuais permanecem no virtual. Como sou virtual so quando escrevo, quem escreve é virtual. Nao respira fora d'agua. Escrevo, logo existo. Mas so aqui. nao pergunte quem foi, pois os laudos serao sempre inconclusivos. Boa noite e boa sorte.

Lendo: Michel Melamed - Regurgitofagia

3 comments:

tristinho said...

o título faz todo sentido. ainda assim, recomendo parar com as drogas enquanto é tempo.

Don Fernão said...

corta as drogas do garouto!

Don Fernão said...

ou a net...